• Clique Direito

Mais participação feminina e igualdade no trabalho no Poder Judiciário.

É o que vai garantir o Superior Tribunal de Justiça (STJ) com a alteração de três atos normativos que beneficiam servidoras e estagiárias. Com as novas normas, as indicações para ocupar cargos em comissão e funções de confiança devem respeitar, na medida do possível, a proporcionalidade entre homens e mulheres e servidoras em licença-maternidade ganham prioridade na marcação de férias após o período da licença, direito assegurado também ao homem no exercício da licença-maternidade. Para as estagiárias, a mudança é que, ao deixaram o estágio após o nascimento do filho, fica garantido o reinício do estágio no tribunal, sem a necessidade de participar de novo processo seletivo. A atualização dos normativos está de acordo com a Política Nacional de Incentivo à Participação Feminina no Poder Judiciário, instituída pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Saiba mais: http://bit.ly/IgualdadeFemininaSTJ

Descrição da imagem #PraCegoVer e #PraTodosVerem: mulher em escritório olhando séria para um homem, que está sentado de frente para ela. Texto: Direitos iguais, SIM! STJ publica atos normativos que garantem igualdade de oportunidades para servidoras e estagiárias do tribunal. CNJ


1 visualização

Desenvolvido por TI MASTER